Dicas de Cenas

Fotografar Crianças

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on Pinterest

Não quer perder nada da infância de seus filhos, certo? Então, vamos registrar…

Algumas dicas que ajudarão a registrar estes momentos:

Prioridade de abertura

Use sempre com prioridade de abertura deixando a velocidade por conta da câmera. Desta forma permitirá a você um controle mais criativo da profundidade de campo, que é um dos fatores mais importantes dos retratos. Se a sua câmera não tem essa função, você pode usar o modo pré-programado “retrato”, que ajudará.

Grades aberturas

Seguindo a dica anterior em deixar prioridade de abertura, sempre que mantiver uma grande abertura (acima de f/5.6) você terá um lindo fundo desfocado, que valorizará bem a criança e o momento.

ISO

Dependendo do ambiente (interno ou externo), você deverá ajustar o menor ISO possível. Quanto mais alto o ISO, mais granulado ficará a imagem. Quando mais baixo, mais nítida ela ficará.

Obturador

Fique de olho na velocidade que você vai configurar. Tente manter pelo menos 1/200s, para pegar a maioria dos momentos, pois depende muito da criança e da situação. Se for um bebê e estiver paradinho, não há porquê de configurar muita velocidade. Se as crianças estiverem correndo, priorize a velocidade mais alta para congelar o movimento, use 1/500s que deverá dar um excelente resultado. Se ficar muito escuro, pode aumentar o ISO ou mexer na abertura. Outra boa dica é que se a sua câmera não possui esse controle de velocidade, procure usar o pré-programado ‘esportes’.

Focagem

Crianças são rápidas, isso é fato! Em fotografia infantil, esqueça o foco manual. Uma dica ótima é usar o modo AI Servo da Canon ou o AF-A da Nikon. Quando está nesse modo, a câmera rastreia o foco de acordo com a posição do objeto, acompanhando a variação de distância. Você precisa apertar o botão de disparo de sua câmera pela metade, ou seja, deixá-lo na metade do caminho que seria necessário para realmente fotografar. Enquanto você aperta, ela rastreia. Funciona como uma inteligência artificial de foco.

  • Aperture: ƒ/6.7
  • Credit: Daniel Bunduki
  • Camera: Canon EOS 70D
  • Taken: 19 setembro, 2015
  • Flash fired: no
  • Focal length: 135mm
  • ISO: 100
  • Shutter speed: 1/350s

Flash/Luz

Se você tiver uma unidade de flash externo e esteja fotografando em ambiente fechado, você pode usá-lo rebatido no teto ou em uma parede (brancos) para criar uma luz difusa. Vocês podem também usar um rebatedor de papel para criar este efeito. Caso não possua um flash, você pode procurar situações onde seja possível fazer bom uso da luz natural, como luz de janelas. Fotografando lá fora, com a luz do sol direta, você pode usar o flash ou um rebatedor branco grande para preencher a sombra e deixar toda a iluminação homogênea.

  • Aperture: ƒ/4.5
  • Credit: Daniel Bunduki
  • Camera: Canon EOS 70D
  • Taken: 5 junho, 2015
  • Flash fired: no
  • Focal length: 59mm
  • ISO: 160
  • Shutter speed: 1/90s

Lentes

Aqui é uma questão bastante pessoal! Com as 18-55mm ou 18-135mm, seriam perfeitas.

Matérias Relacionadas: